Suspeito de matar, João Ricardo Arno, será indiciado por latrocínio

O homem de 28 anos, suspeito de matar João Ricardo Arno está detido no Presídio Regional de Concórdia. Ele foi preso em Seara na tarde desta quarta-feira (26), de posse do chip de celular e do veículo que a vítima foi mostrar para um suposto cliente em Ipuaçu. O celular de João havia sido vendido momentos antes.

De acordo com o delegado que investiga o caso, Eduardo Boaretto, o suspeito não revelou nenhum detalhe do crime. Ele será indiciado por latrocínio, ou seja, matar para roubar.

O corpo de João Ricardo Arno foi encontrado com uma corda em torno do pescoço em uma área de mata nas proximidades da propriedade do suspeito.

Comentários