Câmara de Xanxerê realiza primeira sessão ordinária de abril

Na primeira sessão ordinária de abril, realizada segunda-feira (5), além do Projeto de Lei Ordinária nº 2/2021, os vereadores apresentaram diversas moções, indicações e requerimentos. A primeira moção de Apelo apresentada é para que o Poder Público institua uma lei municipal que vise conceder benefício fiscal, ou, incentivo econômico indireto, através da isenção ou remissão do IPTU, aos contribuintes que foram, ou, estão sendo castigados em função da Covid-19. Já, a segunda, é para que o Ministério da Saúde, Governadora do Estado de Santa Catarina e Secretário de Estado da Saúde de SC elaborem um plano emergencial de imunização dos trabalhadores do transporte rodoviário.

As indicações solicitaram ao Executivo a criação de um aplicativo para receber demandas da população, iluminação na quadra de escola, manutenção, recapeamento e pavimentação asfáltica de várias ruas, redutor de velocidade, rotatórias, vaga de carga e descarga, pintura de estacionamento oblíquo, sinalização viária e adequação na instalação de tubos de drenagem pluvial.

Requerimentos

Os requerimentos aprovados cobraram informações da Prefeitura e da empresa responsável acerca da construção da Escola Padrão Janete Cassol, no Bairro Leandro. Também, para que a Secretaria da Agricultura do Estado de SC apresente informações referentes às emendas parlamentares que foram destinadas para Xanxerê, provenientes do gabinete do deputado estadual Neodi Saretta.

Da mesma forma, foi solicitado informações à Prefeitura Municipal e ao Procon referentes às constantes reclamações de falta de água, tais como notificações, penalizações e multas aplicadas à Casan, quais as medidas administrativas que serão adotadas pelo não cumprimento do contrato, bem como se a Casan apresentou cronograma de investimentos em Xanxerê. O presidente da Câmara Serginho Nunes falou sobre o funcionamento das próximas sessões.

– A próxima sessão acontece quarta-feira (7), com início às 19h. Devido às restrições da pandemia, as sessões podem ser assistidas de forma presencial, com limitação de até 30% das vagas disponíveis no Plenário. Estamos sempre à disposição da nossa comunidade – destacou.

As próximas sessões acontecem nos dias 7, 12, 14, 19 e 22 de abril. A população pode acompanhar pelo Facebook e TV Câmara.

Comentários