Psicólogo Júnior Chisté

O psicólogo Júnior Chisté é autor do livro “Porque sabemos o que sabemos e não fazemos”. Atendeu centenas de pessoas como psicólogo, falou para mais de 600.000 pessoas em mais de 400 cidades e empresas em todo o sul do Brasil. É Master Trainer e especializado em Terapia Cognitiva Comportamental e Psicologia Positiva.

Participação do psicólogo Júnior Chisté, quarta-feira, 08 de julho: Será que você, tem Transtorno de Ansiedade? Os transtornos causados pela ansiedade podem ser classificados em 6 tipos: Fobia social, Fobia, Ataque do Pânico, Transtorno de Ansiedade Generalizada (TOC), Estresse Pós-Traumático. Acompanhe hoje, em minha participação para dezenas de emissoras de rádio em todo o sul do Brasil.
Participação do psicólogo Júnior Chisté, 07 de julho: Quando substituírmos o velho ditado “criança aprende na chinelada”, pelo lema “as crianças precisam de mais amor quando estão agindo como menos merecedoras”, começaremos a criar um novo paradigma parental que resultará em crianças mais felizes, saudáveis ​​e mais resilientes.
Participação do psicólogo Júnior Chisté, segunda-feira, 06 de julho: Porque mudar hábitos se torna tão difícil? Você vai saber hoje em minha participação, como devemos mudar hábitos de forma paulatina e que esses sejam agentes transformadores, que possam nos trazer bem estar e qualidade de vida.
Participação do psicólogo Júnior Chisté, sexta-feira, 03 de julho: A obesidade, segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde – informa que no mundo todo são cerca de 1,4 bilhão de pessoas sedentárias, ou seja, aquelas mesmas que dizem não ter tempo ao menos pra fazer três caminhadas semanais de 30 a 40 minutos. É o seu caso? Vamos abordar este tema nesta sexta-feira em “O psicólogo fala com você”.
Participação do psicólogo Júnior Chisté, quinta-feira, 02 de julho: O que o sofrimento pela busca da beleza pode fazer? A crença de que é possível melhorar a própria aparência traz mais ansiedade que a sensação de bem-estar.
Participação do psicólogo Júnior Chisté, quarta-feira, 01 de julho: Não há quem não tenha experimentado essa dobradinha: primeiro a expectativa, depois, a frustração. E provavelmente, ainda iremos reviver este mecanismo algumas vezes, mas, se conscientes dele, podemos torná-lo mais leve e tê-lo como fonte de aprendizado. É mais ou menos assim: projetamos um futuro desejável. Depositamos a expectativa de que a situação futura deve ser como nossa projeção, pois assim, e só assim, teremos o que buscamos: alegria, prazer, reconhecimento, etc. E aí o momento esperado chega. E não acontece exatamente como esperávamos. Então, abrimos as portas para a frustração.
Participação do psicólogo Júnior Chisté, terça-feira, 30 de junho: Pesquisa divulgada na semana passada, aponta que 28% dos jovens e 15 a 29 anos pensam em deixar os estudos quando as escolas e universidades reabrirem, após suspensão das aulas devido à pandemia do novo coronavírus.
Participação do psicólogo Júnior Chisté, segunda-feira, 29 de junho: Filhos ansiosos, o que fazer? É normal que crianças e jovens se sintam preocupados ou ansiosos no momento. Para algumas crianças e jovens, a pandemia de coronavírus também pode piorar ou desencadear ansiedades com as quais eles já estavam lutando. Será este assunto que abordarei abrindo a semana….
Participação do psicólogo Júnior Chisté, sexta-feira, 26 de junho: Como nossa mente se modifica? Como mudamos e damos oportunidades para que novos comportamentos, novos pensamentos possam fazer parte de nosso “eu”? Nesta sexta, eu falo de autoconhecimento e neuroplasticidade.
Participação do psicólogo Júnior Chisté, quinta-feira, 25 de junho: 10 ESTRATÉGIAS PARA PROTEGER SUA MENTE NA PANDEMIA!
Participação do psicólogo Júnior Chisté, quarta-feira, 24 de junho: O poder dos “perengues”. Mesmo quando as coisas estão ruins é possível se sentir bem. As retas e curvas do caminhos nos tornam pessoas melhores a partir do momento em que escolhemos crescer e aprender com elas.
Participação do psicólogo Júnior Chisté, segunda-feira, 22 de junho: Como interromper terríveis hábitos? Como por exemplo parar de fumar? É o que você vai ouvir em minha participação de hoje, abrindo mais uma semana. Vamos nessa?
Participação do psicólogo Júnior Chisté, sexta-feira, 19 de junho: Nesta sexta, Júnior, fala sobre alguns questionamentos que as pessoas fazem, como: “Porque somente algumas pessoas estão acima de todas as outras?” “Quais são as causas para pessoas agirem de um determinado modo e outras não?”
Participação do psicólogo Júnior Chisté, quinta-feira, 18 de junho: Se por desilusão amorosa entendermos o término de um relacionamento, podemos pensar que não ajudará a superar, porém poderá ajudar a “sair um pouco”, a “não pensar” na situação que está causando sofrimento – como se fosse uma compensação, uma substituição de algo que está nos faltando naquele momento. Todo relacionamento amoroso vai sendo construído aos poucos, baseado em troca mútua, em promessas, em momentos de carinho e cumplicidade – é o que se pode chamar de reforçamento – o casal vai constantemente reforçando o comportamento do outro e, ao mesmo tempo sendo reforçado por ele – a consequência é o bem-estar que sentem quando estão juntos. E quando isso se rompe? Ouça a partir de agora “Desilusão Amorosa”.